Virtual Mamoré

Virtual Mamoré

Ex-clube de Jô, do Corinthians, no Japão confirma rescisão, mas diz que repassou caso à Fifa

(Foto: Koki Nagahama / Gekisaka)


Novo reforço do Corinthians, Jô deve enfrentar problemas com seu ex-clube, o Nagoya Grampus, do Japão.

Em comunicado publicado em seu site oficial, a equipe japonesa informou que, de fato, rescindiu o contrato do atacante, mas por justa causa. Além disso, o caso foi entregue à Fifa.

– O Nagoya Grampus Eight informa que o contrato de Jô (João Alves de Assis Silva) foi cancelado por motivos de justa causa. No momento, estamos confiando este assunto à Câmara de Resolução de Disputas da Fifa – escreveu o clube neste domingo.

Procurado pela reportagem para falar sobre o caso, Jô respondeu por meio de sua assessoria de imprensa, que consultou os advogados do jogador antes de responder.

– O Nagoya Grampus rescindiu o contrato do atacante Jô. O clube japonês entende que é por justa causa, porém o departamento jurídico que cuida da carreira do brasileiro não entende dessa forma, pois em meio desta pandemia ocorreram diversas situações. Atualmente, o caso será julgado pelo DRC da Fifa e quando for notificado, o atacante e seu estafe farão sua defesa – disse a assessoria do jogador, em nota enviada ao GloboEsporte.com.

Sem atuar desde dezembro do ano passado, Jô tinha contrato com o Nagoya Grampus até o fim da atual temporada, mas não estava mais nos planos da equipe e, com a paralisação dos campeonatos em função da pandemia, acertou sua saída no mês passado.

Mesmo assim, Jô ainda discute com o clube japonês um valor que considera ter direito a receber. O Nagoya não informou o motivo exato de saída e tampouco a razão de ter passado o caso à Fifa. A nota oficial divulgada pela equipe, porém, não altera em nada o futuro de Jô no Corinthians.

O atacante já foi integrado ao elenco e participa dos treinamentos virtuais. O Timão, inclusive, vai marcar uma apresentação virtual para o novo centroavante.

Globo Esporte

Nenhum comentário

Mais no Virtual Mamoré