Virtual Mamoré

Virtual Mamoré

Inter acerta redução salarial com jogadores emprestados; Valdívia é único a não aceitar acordo

(Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)


Em uma cruzada para cortar gastos e enfrentar a pandemia do coronavírus, o Inter entrou em acordo com os jogadores para redução em 25% dos salários em meados de maio. E isso se aplica também aos atletas emprestados pelo clube a outras equipes para a disputa da temporada de 2020.

Quase todos os atletas aceitaram e assinaram o acordo proposto pela diretoria colorada. A exceção ficou por conta de Valdívia, emprestado ao Avaí até o final do ano. O meia-atacante recusou os termos propostos pelo clube.

Conforme apurado pelo GloboEsporte.com, Valdívia aceitou o primeiro acordo proposto pela diretoria, de prorrogar o pagamento dos direitos de imagem para 2021, com um valor acertado em seis parcelas. A segunda proposta foi recusada pelo atleta, que considerou "inviável" os termos, por só ter mais seis meses de contrato e ficar livre de vínculo com o clube ao final do ano.

Além de Valdívia, o Inter tem os seguintes atletas emprestados: Dudu e Gustavo Ferrareis (Atlético-GO), Pedro Lucas (Figueirense), Ramon (Bahia), Carlos Miguel (Santa Cruz), Àlvaro (Náutico), Zeca (Bahia) e Richard (Tondela, de Portugal). Todos eles aceitaram o acordo.

A exemplo do que ocorreu com os atletas do elenco de Eduardo Coudet, o Inter propôs a redução de 25% referente ao percentual dos salários com que tem que arcar mensalmente. Os valores variam de contrato para contrato. O pagamento dos direitos de imagem desses jogadores também foi postergado.

Além das reduções, o Inter toma uma série de medidas para cortar gastos durante a pandemia do coronavírus. Recentemente, a diretoria desligou 44 funcionários do clube. Os dirigentes também repactuaram dívidas com credores e pagamentos a fornecedores.

No futebol, foram três medidas. A primeira delas foi a extinção do time B. Com o elenco, os acordos são para para postergar o pagamento de três meses de direitos de imagem para o próximo ano e de redução de 25% dos salários.

Globo Esporte

Nenhum comentário

Mais no Virtual Mamoré