Virtual Mamoré

Virtual Mamoré

Sem papas na língua: presidente do Ji-Paraná FC mostra transparência na gestão do Galo da BR

Em entrevista concedida ao Radialista Jota Lima, à noite desta quarta(17), o jovem presidente do Ji-Paraná FC José Carlos Victor, foi enfático e transparente com algumas questões referente ao Galo da BR.

O que o blog conseguiu pinçar:

- O clube entrou na Timemania da CEF e, por um ano conseguiu receber verbas referentes às apostas. Parou em função de não apresentar balancete; quando ele José Carlos assumiu foi feito novo cadastramento e, agora recebe em torno de R$ 7 a 12 mil - sendo o 2º melhor em arrecadação da região norte.

- Todos os atletas foram "dispensados" em tempo hábil, com a volta do futebol em novembro, o Jipa tem interesse em 80% do atual elenco e mais 5 a 6 contratações em virtude dos jogos na Série D.

- Com relação à Série D (provavelmente a bola rola dia 15 de agosto), dai a movimentação do presidente inclusive viajando muito para, inclusive, fechar apoio de três empresas fora de RO. Aqui no estado é muito complicado ter apoio, exceto alguns do próprio município que nunca abandonaram o clube.

- O maior campeão do estado ainda hoje paga muito caro, dívidas de gestores irresponsáveis que até conquistaram campeonatos, mas não pagavam os atletas. Neste momento e sem papas na língua, o presidente citou o Sr. MARITACA como uma espécie de vírus do mal que quase extingue o clube.

- As instalações do Jipa hoje são bem avaliadas por atletas que não se cansam de elogiar o ambiente, com: TV Sky, frutas do Fred verdurão toda segunda-feira à vontade, água mineral, quartos com central de ar, duas cozinheiras.

- O clube está preparando três atletas da base para negociar, um deles de 15 anos quer dizer isso já é fruto dessa nova administração. Daqui a três anos o Jipa terá seu próprio CT.



Fotos: 1) Jipa semifinal-2019; 2) Frutaria do Fred e 3) Cozinha do Jipa; todas as fotos liberadas por José Carlos Victor 

Nenhum comentário

Mais no Virtual Mamoré